• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • MPT-SP lança pacto pela inclusão de jovens negras e negros no mercado de trabalho
  • cacau abre
  • Sem título-1
  • peticionamento eletronico DTI
  • AVISO TELEFONIA2

MPT-SP lança pacto pela inclusão de jovens negras e negros no mercado de trabalho

Documento será lançado oficialmente em inauguração do Fórum pela Igualdade Racial, em 20 de junho

São Paulo, 21 de maio de 2018 - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo lança no próximo dia 20 de junho o Pacto pela Inclusão Social de Jovens Negras e Negros no Mercado de Trabalho de São Paulo, documento elaborado pela Coordigualdade (Coordenadoria Nacional de Promoção de Igualdade de Oportunidade e Eliminação da Discriminação no Trabalho) do MPT em conjunto com mais de 10 instituições e entidades dos movimentos negros.

Segundo as procuradoras Valdirene de Assis (representante nacional da Coordigualdade) e Elisiane Santos, o objetivo do pacto é fortalecer e efetivar políticas e ações voltadas à população negra, buscando ampliar a sua inserção e ascensão ao mercado de trabalho. Ele estabelece formas de ampliar a qualificação e a capacitação desse público, além de conscientizar a sociedade, agentes públicos e colaboradores da iniciativa privada sobre a importância da diversidade racial nos segmentos empresariais e governamentais.

Na prática, o pacto irá integrar uma rede facilitadora formada por empresas, sindicatos, universidades, entidades dos movimentos negros e organizações sociais. Seu objetivo é “aproximar quem quer contratar e quem precisa ser contratado, otimizando a inclusão qualificada de jovens negros e negras no mercado de trabalho”, diz o texto do documento.

O pacto será oficialmente lançado no auditório do MPT-SP em 20 de junho, às 13h30, durante a inauguração do Fórum Estadual de Prevenção e Combate à Discriminação Racial nas Relações de Trabalho. O Fórum terá encontros bimestrais e constituição proposta pelo Ministério Público do Trabalho. Ele é aberto à participação de toda a sociedade para debater desafios e estratégias para garantir cidadania, dignidade e oportunidades de trabalho para a população negra no Brasil. Na ocasião, diversas empresas e organizações serão convidadas a participar. 

As entidades que participaram da elaboração do documento são, além do MPT/Coordigualdade: Comissão da Igualdade Racial da OAB/SP, Associação Brasileira de Pesquisadores Negros – ABPN, Uneafro, Educafro, Instituto Rumo Inclusão, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Banco Interamericano de Desenvolvimento, Badu Consultoria, Instituto Sindical Intermericano pela Igualdade Racional, Comite de Igualdade Racial do Grupo Mulheres do Brasil, bem como pesquisadores e estudantes.

Acesse o texto completo do pacto clicando aqui.

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos